10/17/2008

Bile

A verdade é que com algumas coisas não se brinca. Alguns assuntos são por demais sérios para serem afetados pela sua aura de gostosura, purpurina, coolness ou descolagem. E é por isso que eu sempre odiarei Big Bosta Brasil, Te Dou Um Dado?, leitores e comentaristas freqüentes de Big Bosta Brasil, leitores e comentaristas freqüentes das comunidades Te Dou Um Dado? e Big Bosta Brasil do orkut, cinéfalos e seguidores da moderação da Subestimado ou Superestimado, demais imbecis.

Eu tenho nojo e vomito toda minha bile podre para esse arremedo de gente que não passa da mesma acefalia geral, só que (pessimamente) camuflada. A verdadeira piada é o cheiro podre que impregna o ambiente, mas estão todos a se rir, ocupados demais para perceber que não há graça.

1 Comments:

Blogger Pattiê que fica, said...

Puets, matou a pau!

Sabe do que eu chamo esse povo? De "pseudo-intelectualóides". (Se o termo intelectualóide já não soa legal, pseudo-intelectualóide então é foda). E esse bando de gente é o mesmo que assiste, por exemplo, um filme do Tarantino e gosta porque é cool gostar. Ou então lê, sei la, Nietzsche - e no máximo dois aforismos -, e acha que pode emitir uma opinião crítica a respeito do cara só porque sabe que o bigodudo afirmou que deus morreu.

Enfim... Desculpe a prolixidade... Hehehe.. No fundo eu só queria dizer que, sim, eu já tenho mais um blog na lista de leituras diárias obrigatórias...

8:12 PM  

Postar um comentário

<< Home